Trânsito bate novo recorde de lentidão em SP

Confirmando as expectativas, foi batido de novo o recorde de congestionamento do ano em São Paulo tanto no período da manhã como à tarde. De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), a última medição realizada pela empresa apontou 200 quilômetros de morosidade em toda a cidade, superando a marca de 193 quilômetros, verificada na tarde/noite dia 04 de junho. O Túnel Anhangabaú permanece fechado para os automóveis no sentido Santana-Aeroporto. Somente os ônibus estão conseguindo passar no local, onde ainda há cerca de meio metro de água. A CET recomenda aos motoristas que evitem se dirigir agora ao centro da cidade.O Centro de Gerenciamento de Emergências da Prefeitura de São Paulo informa que alguns pontos permanecem intransitáveis em função dos alagamentos. Os principais são Avenida Olavo Fontoura, em ambos os sentidos, na região do Anhembi, zona norte; Rua Dr. Mário Vicente, próximo à Avenida Dr. Ricardo Jafet, Ipiranga, região sul; Marginal do Pinheiros, sentido Santo Amaro-Jaguaré, pista expressa, na altura da Ponte Ary Torres; Avenida Maria Coelho Aguiar, proximidades da Ponte João Dias, sentido centro-bairro, área sul; Rua da Cantareira, na altura da Ponte Fepasa, e Avenida Almirante Delamare, sentido bairro-centro, no Ipiranga, zona sul da capital. Outro problema provocado pela chuva foi o rompimento do asfalto na pista do Passa-Rápido na Avenida Nove de Julho, na altura do número 598, área central da cidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.