Trânsito continua complicado na marginal Pinheiros

Dois acidentes envolvendo caminhão prejudicaram o trânsito na pista sentido Castello Branco da marginal do Pinheiros, nesta sexta-feira. Por volta das 19 horas, a marginal ainda apresentava o maior trecho de lentidão da cidade, com cerca de nove quilômetros de trânsito lento nas duas pistas da via. O trecho de morosidade ia da ponte Transamérica até a ponte Cidade JardimDe acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), foram registrados às 19 horas, 138 quilômetros de congestionamento, bem acima da média para o período, que é de 104 km.À tarde, um caminhão que transportava areia tombou e interditou parcialmente a pista expressa da marginal, também no sentido Castelo. Às 18h30, a pista já havia sido liberada, mas o congestionamento se estendia pela marginalNa madrugada, um caminhão transportando cilindros de gás tombou na via, interditando a pista até por volta das 11h30. A delegacia de Crimes Ambientais abriu inquérito na tarde de sexta-feira para investigar as causas do acidente com um caminhão que transportava gás butil mercaptano.Saúde Segundo o diretor do Centro de Toxicologia do Hospital das Clínicas Anthoni Uong, o gás não é prejudicial à saúde tóxico. Segundo o médico, além das náuseas e dores de cabeça, a inalação do gás pode causar irritação na garganta, falta de ar e a chamada pneumonia química, que causa coriza e aumento de catarro no peito.

Agencia Estado,

23 de junho de 2006 | 20h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.