Trânsito continua intenso nas rodovias

O trânsito continua intenso na maioria das rodovias paulistas, mas até o momento o motorista não encontra grandes congestionamentos. Na Capital, também não há registro de pontos de lentidão e congestionamentos nas principais ruas e avenidas da cidade.O motorista que trafega pela Rodovia Raposo Tavares, no sentido Capital, enfrenta congestionamento entre os quilômetros 45 e 42 na região de Vargem Grande Paulista. A rodovia Castelo Branco também tem grande fluxo de veículos em direção à Capital, principalmente na região de Alphaville, mas não há pontos de congestionamentos.A Rodovia Presidente Dutra apresenta tráfego intenso na pista Rio-SP, principalmente nos trechos de Jacareí(SP), Santa Isabel(SP) e Arujá(SP). De acordo com a concessionária NovaDutra, o tempo está parcialmente encoberto.Na Rodovia Imigrantes, uma colisão de veículos na altura do quilômetro 50, na região da subida da serra está causando um congestionamento. Na Anchieta há lentidão no início da serra e a situação do trânsito está melhor para quem segue para a Capital. Segundo a Ecovias, as rodovias Cônego Domênico Rangoni e Padre Manoel da Nóbrega apresentam tráfego intenso e tem alguns pontos de lentidão. A subida da serra está sendo feita pela Imigrantes e pela pista norte da Anchieta. A descida é feita pela pista sul da Anchieta.Apesar do aumento de veículos pelas rodovias Anhangüera-Bandeirantes, o motorista não encontra lentidão, nem congestionamentos nos dois sentidos.Litoral NorteA Rodovia dos Tamoios tem movimento intenso em direção ao planalto. De acordo com a Polícia Rodoviária, passam cerca de 30 veículos por minuto, movimento abaixo do esperado. Há lentidão entre os quilômetros 34 e 42, na altura de Paraibuna. A viagem entre Caraguatatuba e São José do Campos leva cerca de uma hora e cinqüenta minutos, o que representa cinqüenta minutos a mais que num dia normal. A expectativa da Polícia Rodoviária é que o fluxo possa aumentar a noite.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.