Trapezista morre após queda em circo de Londres

A trapezista Eva Garcia, de 38 anos, morreu esta manhã, após cair do trapézio de uma altura de dez metros, diante de centenas de espectadores, na noite de sexta, no Hippodrome Circus, em Londres. Os proprietários do circo, Christine Jay e seu marido Peter disseram que ela era muito experiente e talentosa e que começou a carreira aos 7 anos, e pertencia a uma família de trapezistas de origem hispânica. "Foi tudo tão rápido, ainda estamos tentando entender o que aconteceu", disse Christine. O circo Hippodrome é o único em todo o Reino Unido que foi construído para este fim, desenhado por George Gilbert, em 1903, celebrando este ano seu centenário. A polícia londrina removeu o trapézio usado por Eva em sua performance para realizar exames no equipamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.