Travesti matou taxista em Jundiaí

O Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (GARRA) da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jundiaí prendeu na madrugada desta terça-feira, na Rodoviária de Itatiba, o travesti Antônio Lira Santana, de 27 anos, o "Danieli". Ele é acusado de matar na última sexta-feira, de madrugada, o taxista do Centro de Jundiaí, Antônio Carlos Luiz, de 49 anos, por causa de uma dívida de R$ 90,00.De acordo com o delegado Antônio Seleguin Júnior, foram 98 horas de buscas. Um acompanhante do travesti presenciou o homicídio. Danieli disse que estava pronto para viajar para a Itália junto com outras "cinco meninas de Itatiba", quando acabou preso.Outro taxista de Jundiaí assassinado no dia 31 de agosto foi Jaime Andrade da Silva, de 52 anos, de Campinas, morto pelo serial killer Anestor Bezerra de Lima, de 30 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.