TRE investigará se propaganda da Prefeitura beneficia Serra

O Tribunal Regional Eleitoral no Estado de São Paulo (TRE-SP) vai investigar se a Prefeitura da capital praticou os crimes de abuso de poder econômico e político em benefício do ex-prefeito e candidato ao governo paulista, José Serra (PSDB).O pedido foi feito pelo PMDB de São Paulo, questionando a semelhança da propaganda institucional da Prefeitura com a exibida pelo PSDB no horário de propaganda eleitoral gratuita de Serra.Serão notificados pelo TRE o candidato José Serra, o vice de sua chapa, Alberto Goldman, o prefeito Gilberto Kassab e seu secretário de Comunicação, Marcus Vinicius Sinval. A assessoria da campanha do tucano informou que Serra irá se manifestar somente pela via legal, através da Justiça Eleitoral.O PMDB alega que a veiculação dos comerciais da Prefeitura ocorre no intervalo imediatamente anterior e também no imediatamente posterior ao programa eleitoral gratuito. "Dessa forma, a publicidade institucional do Município, paga com dinheiro público, configura verdadeira extensão da propaganda eleitoral de José Serra", acusou o PMDB.O partido pediu a cassação do registro da candidatura de Serra e a decretação de inelegibilidade do prefeito Gilberto Kassab e dos demais envolvidos.

Agencia Estado,

13 de setembro de 2006 | 16h45

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõeseleições 2006

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.