Trecho incompleto de ferrovia é inaugurado

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva "inaugurou" o trecho de Anápolis (GO) a Palmas (TO) da Ferrovia Norte-Sul, que ainda está incompleto. Antes da chegada do presidente à festa, assessores do consórcio responsável pela obra já admitiam que era faltavam alguns "pedacinhos", que totalizam 259 quilômetros de trilhos, para a conclusão do percurso de 1.100 quilômetros. A princípio, as locomotivas só vão percorrer o trecho no final de abril do próximo ano.

LEONÊNCIO NOSSA, O Estado de S.Paulo

24 de dezembro de 2010 | 00h00

Diante de uma plateia de 400 pessoas, a maioria políticos e assessores do governo, Lula culpou o Tribunal de Contas da União (TCU) pelo atraso nas obras. O presidente disse que pretendia entregar toda a Ferrovia Norte-Sul, mas, no trecho norte, o TCU mandou a empresa que fazia a obra interromper os trabalhos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.