Trem-bala entre SP-Rio não vai ficar pronto até a Copa de 2014

Edital de licitação, previsto para o primeiro trimestre de 2009, deve sofrer atraso de pelo menos três meses

Beth Moreira, da Agência Estado,

26 de novembro de 2008 | 12h30

O diretor da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) Noboru Ofugi afirmou nesta quarta-feira, 26, que será impossível concluir toda a extensão do trem de alta velocidade que ligará São Paulo ao Rio de Janeiro até 2014, quando o País deve sediar a Copa do Mundo de futebol. Segundo ele, as principais dificuldades são concluir as obras em regiões consideradas complexas como as chegadas às cidades de São Paulo e do Rio de Janeiro, além da Serra das Araras, no Estado do Rio. "Se conseguirmos concluir o trecho entre Campinas e São Paulo já seria muito significativo", disse. De acordo com Ofugi, o edital de licitação do projeto, previsto inicialmente para ser publicado no primeiro trimestre de 2009, deve sofrer um atraso de pelo menos três meses, enquanto prosseguem os estudos de viabilidade técnica e econômico-financeira. A nova previsão é de que o edital seja publicado entre junho e julho do ano que vem. O trem-bala é uma das apostas do governo federal para melhorar a infra-estrutura no País e atender à demanda por transporte durante a Copa do Mundo. O diretor da ANTT participa nesta quarta-feira de seminário sobre ferrovias na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

Tudo o que sabemos sobre:
trem-balaCopa 2014

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.