Trem descarrila no Rio e não deixa feridos

O trem chegou a atingir o muro de uma residência que fica próxima à Estação de Saracuruna

Paulo R. Zulino, estadao.com.br

25 de maio de 2008 | 18h15

Um trem de passageiros, prefixo UH-717, que ia da Central do Brasil para a Estação de Saracuruna, na Baixada Fluminense, descarrilou, por volta das 15h40 deste domingo, 25, próximo ao Terminal de Saracuruna. De acordo com as primeiras informações, fornecidas pela Defesa Civil, 10 usuários foram encaminhados para o Hospital Estadual Adão Pereira Nunes (Hospital de Sacarucuna), todos com crise nervosa.  Conforme o Corpo de Bombeiros do Rio, não houve feridos, mas o trem acidentado chegou a atingir o muro de uma residência, na Rua Carlos Maia, que fica próxima à Estação de Saracuruna. Funcionários da concessionária Supervia e agentes do Batalhão de Polícia Ferroviária estão no local para tentar normalizar a situação. Segundo a empresa, neste momento, a circulação de trens no ramal de Saracuruna está suspensa. Os demais estão circulando normalmente. Ainda não se sabe o que provocou o descarrilamento.   

Tudo o que sabemos sobre:
Rio de Janeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.