Tremor de terra deixa cidades de MG sem energia

Em Montes Claros, subestação teve de ser desativada e população viveu momentos de pânico pela segunda vez em cinco dias

Rene Moreira , ESPECIAL PARA O ESTADO

06 de abril de 2014 | 20h56

Um tremor de terra fez moradores de três cidades de Minas Gerais viverem momentos de pânico neste domingo, dia 6. Foi o segundo abalo sísmico em um intervalo de apenas cinco dias e cuja magnitude pode ter chegado a 4,2 graus. O impacto foi sentido principalmente em Montes Claros, mas também atingiu as cidades de Grão Mogol e Coração de Jesus.

Houve interrupção de elétrica por 45 minutos, de acordo com Companhia de Energia de Minas Gerais (Cemig), atingindo diretamente mais de 80 mil consumidores. A Defesa Civil Municipal de Montes Claros registrou três tremores e uma vítima, uma menina de 14 anos atingida sem gravidade com o desabamento de parte de uma parede.

A queda de energia também prejudicou o trânsito com os semáforos apagados e pessoas ficaram presas em elevadores precisando ser retiradas por bombeiros. Montes Claros é a maior cidade do norte de Minas e na terça-feira, dia 1º, já tinha registrado um abalo de 3,2 graus de magnitude. Desta vez a intensidade seria de 4,2 na escala Richter, medição que ainda será confirmada pelo Observatório Sismológico de Brasília.

Tudo o que sabemos sobre:
Terremoto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.