Divulgação
Divulgação

Três adolescentes infratores morrem após rebelião em Pernambuco

Segundo direção da Funase de Timbaúba, internos queimaram móveis, colchões e destruíram parte do prédio; oito ficaram feridos

Monica Bernardes, Especial para o Estado

25 Outubro 2016 | 11h05

RECIFE - Três adolescentes morreram e oito ficaram feridos durante uma rebelião na madrugada desta terça-feira, 25, na Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), em Timbaúba, na Zona da Mata Norte de Pernambuco.

De acordo com a direção da unidade, os internos queimaram móveis e colchões, provocando a destruição parcial do prédio. Dos oito feridos, sete foram encaminhados para o Hospital Municipal de Timbaúba. O caso mais grave, de um interno que teve o corpo queimado, foi levado para o Hospital da Restauração (HR), no Recife.

A identidade das vítimas não foi divulgada pela Funase. 

Segundo os servidores da instituição, o clima no local é de tensão. Agentes que fazem a segurança se queixam da falta de condições de trabalho no local e alertam para o risco de fugas em massa. Em 12 de setembro, 12 internos escaparam da unidade.

A Funase disse que as queixas dos internos serão apuradas. 

Mais conteúdo sobre:
RECIFE Timbaúba Pernambuco

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.