Três coronéis da PM baiana são presos acusados de fraude

Policiais fraudaram licitação de compra de 200 viaturas para a Secretaria de Segurança Pública do Estado

Tiago Décimo, O Estado de S.Paulo

05 de março de 2009 | 17h39

A Secretaria de Segurança Pública da Bahia anunciou, na tarde desta quinta-feira, 5, que foram presos três coronéis da Polícia Militar, acusados de fraude na licitação de compra de 200 carros, adquiridos no ano passado. Segundo as primeiras informações, entre os presos está Jorge Ribeiro de Santana, comandante-geral da PM entre janeiro de 2003 e agosto do ano passado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.