AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Três delegados denunciados por corrupção em Salvador

O Ministério Público Federal na Bahia denunciou esta semana à 2a Vara Federal de Salvador os delegados Wal Goulart Macedo Santana (que chefia os delegados da superintendência regional da Polícia Federal da Bahia) e Rodrigo dos Santos Leitão (corregedor da PF-BA). Além dos dois, o delegado da polícia civil baiana Nilton José Costa Ferreira também foi denunciado no mesmo inquérito.Eles são acusados de crime de corrupção passiva, violação de sigilo funcional e advocacia administrativa. Os procuradores que investigaram os três descobriram que os delitos foram cometidos a partir de uma apuração em 2001 feita pelo delegado Wal Santana de roubo de combustível que vinha ocorrendo na Usina Termoelétrica da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) situada na cidade Camaçari, região metropolitana de Salvador.O presidente do Sindicato dos Policiais Federais da Bahia, João Carlos Sobral disse que é devido a casos como esses envolvendo delegados que a entidade defende há anos a extinção desse cargo na PF. "Eles (os delegados) formam uma casta de privilegiados que tem muitas mordomias e autonomia", reclamou, denunciando como "desnecessário" o inquérito policial conduzido pelos delegados federais pois o Ministério Público já realiza essa função.

Agencia Estado,

14 de outubro de 2004 | 21h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.