Três excutados, na 22.ª chacina do ano

O movimento no bar da Travessa ArroioUirapuru, 500, no Parque Residencial Cocaia, na Zona Sul, foiinterrompido cerca das 23h00 pela chegada de homens encapuzadose armados. Eles selecionaram três dos presentes, entre eles oproprietário do estabelecimento, e mandaram que se afastassemdos demais. Em seguida os executaram com vários tiros.Manoel Francisco dos Santos, de 46 anos, dono do bar, CleitonRoberto Zilocchi, de 18 anos, e Francisco Soares dos SantosJunior, de 21, morreram antes que pudessem ser socorridos. Asinformações das demais pessoas que estavam no estabelecimento,tanto aos Pms da viatura M-27106 quanto para o delegado deplantão do 101º DP - Jardim das Embuias são contraditórias. Atémesmo o número de criminosos varia de dois a 10. Ninguém informacomo chegaram, nem de que forma se deu a fuga.Como na região impera a chamada "lei do silêncio", todos secalam quando se trata de responder indagações sobre autoria docrime e sua motivação. Esse fato dificultará o trabalho dosagentes da Equipe F/Sul que estão encarregados das investigaçõese esclarecimento desta que é a 22.ª chacina ocorrida na regiãometropolitana de São Paulo, neste ano, somando 75 mortos. Só nacapital, desde janeiro, 51 pessoas morreram em 15 chacinas.

Agencia Estado,

14 de abril de 2002 | 12h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.