Efe
Efe

Três homens vindos de SP são presos com drogas em Portugal

Espanhol e romenos foram presos com 342 cápsulas de cocaína; na Espanha, dois foram presos com mais droga

Efe,

10 de março de 2009 | 17h40

A Polícia Judicial de Portugal (PJ) informou nesta terça-feira, 10, que um espanhol e dois romenos provenientes de São Paulo foram presos no Aeroporto de Lisboa com 342 cápsulas de drogas. A PJ disse que a carga de entorpecentes com os detidos, que não tiveram as identidades reveladas, renderia 42.200 doses de cocaína no mercado do tráfico.

 

Veja também:

linkPolícia Federal prende 32 por tráfico de drogas em Cumbica

linkDroga entrava em Cumbica em carros de empresa de segurança

 

Os detidos foram levados para um hospital e submetidos, posteriormente, a um primeiro interrogatório, que resultou na prisão preventiva. A Direção de Alfândega do aeroporto anunciou nesta terça que três apreensões de droga somaram mais de 25 kg da droga - um total de 251.150 doses.

 

As autoridades explicaram que dois dos carregamentos de droga, vindos do Brasil, eram transportados por um casal, de 42 e 49 anos. A carga estava escondida num "fundo falso e nas laterais das malas e mochilas" da mulher e do homem, informa o comunicado. O terceiro carregamento, de 19,5 kg, estava num despacho aéreo, distribuídos em cinco malas de uma remessa vinda também do Brasil. O destino dessa droga era Maputo, a capital do Moçambique.

 

Espanha

 

A Polícia Judicial e Comissária do Aeroporto Son Sant Joan, em Palma Mallorca, oeste espanhol, também prendeu dois homens nesta terça por tráfico de drogas. O espanhol Juan Miguel S. S., de 28 anos, estava com 6 kg de cocaína escondidos dentro da mochila, que seriam entregues ao boliviano Romualdo R. A., de 31 anos. Juan Miguel veio com a droga de um voo de São Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
tráfico de drogasEspanhaPortugal

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.