Fábio Motta/AE
Fábio Motta/AE

Três pessoas morrem em explosão em restaurante no centro do Rio

Funcionários sentiram cheiro forte de gás em restaurante antes da explosão; pelo menos 17 feridos

estadão.com.br

13 Outubro 2011 | 08h06

RIO - Três pessoas morreram e 17 ficaram feridas em uma explosão na manhã desta quinta-feira, 13, no centro do Rio. A explosão na Praça Tiradentes ocorreu na cozinha do restaurante Filé Carioca, localizado no térreo do prédio de número 9, na Rua Carioca. Segundo o Comandante Geral do Corpo dos Bombeiros, coronel Sérgio Simões, a causa mais provável da explosão é um vazamento de gás de um botijão. A região é servida por gás encanado, mas o restaurante não era abastecido por este serviço.

De acordo com a funcionária Michele Medeiros Santos, de 29 anos, os empregados da cozinha sentiram um forte cheiro de gás e pediram que todos deixassem o local por volta das 7 horas. No entanto, não houve tempo para que três pessoas que estavam no interior do estabelecimento saíssem. Houve a explosão e os corpos das três vítimas fatais foram projetados para a Praça Tiradentes.

A explosão destruiu totalmente o andar térreo de pelo menos dois prédios na Praça Tiradentes. Os destroços foram lançados a uma distância de cerca de 100 metros.

Segundo o Corpo de Bombeiros, três pessoas estão internadas em estado grave, duas com traumatismo craniano e uma com trauma abdominal.

Até o nono andar de um dos prédios atingidos há sinais de destruição, com muitos vidros quebrados, principalmente no edifício Riqueza, localizado no numero 9 da rua, colado ao hotel Formule 1. A grande quantidade de policiais militares tenta controlar a curiosidade das pessoas.

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, foi ao local e informou que o prédio onde ocorreu a explosão, assim como hotel Formule 1, localizado ao lado do prédio, estão interditados até uma análise final dos técnicos da Defesa Civil. Equipes da Defesa Civil Municipal e do Corpo de Bombeiros e de uma empresa privada de construção avaliam os danos ao edifício onde ficava o restaurante. O prédio já foi esvaziado.

Paes confirmou a informação de funcionários do restaurante Filé Carioca, onde ocorreu o ponto inicial da explosão, de que tudo indica que a causa da explosão foi um vazamento de gás.

/ COM BRUNO BOGHOSSIAN, PEDRO DANTAS, SOLANGE SPIGLIATTI E WILSON TOSTA

Atualizada às 10h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.