Três PMs são presos no Rio por envolvimento com milícia

Policiais são acusados por crimes de extorsão, constrangimento ilegal e porte de arma de fogo de uso restrito

Solange Spigliatti, do estadão.com.br,

03 de setembro de 2010 | 13h21

SÃO PAULO - Três cabos da Polícia Militar, foram presos nesta sexta-feira, 3, durante a Operação Fobos, da Polícia Federal, deflagrada para desarticular um grupo armado que atuava na região de Austin e Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, praticando crimes de extorsão, constrangimento ilegal, porte de arma de fogo de uso restrito, além de outros.

 

Segundo a PM, foram detidos os cabos lotados nos Batalhões da Polícia Rodoviária (BPRv), de Olaria e da Tijuca. Foram cumpridos 17 mandados de busca e apreensão e nove mandados de prisão. Entre os alvos também encontram-se agentes públicos de segurança, segundo a PF.

 

A Polícia Militar divulgou uma nota sobre as prisões. Leia abaixo:

 

"A Polícia Militar não coaduna com desvios de conduta. Os policiais militares presos hoje na operação da Polícia Federal serão submetidos a uma procedimento administrativo que irá decidir pela permanência ou não na Corporação".

Tudo o que sabemos sobre:
RioPolícia Militarmilícias

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.