Três são baleados durante ensaio de escola de samba

Três pessoas foram baleadas na noite de ontem, durante uma briga ocorrida em ensaio de escola de samba, na Cohab 1, em Jaboticabal, interior de São Paulo. Nenhuma das vítimas corre risco de morte e a polícia tenta localizar o autor dos disparos e a arma utilizada (semi-automática ou revólver). Entre os feridos estão um menino de 11 anos e uma mulher.Várias pessoas acompanhavam o ensaio da escola de samba na praça Sílvio Borsari, quando Daniel Vieira Cordeiro, de 20 anos, discutiu com a namorada, Márcia Cristina Custódio, de 17. O primo da moça, identificado apenas como Vágner, revoltou-se com a situação e sacou uma arma, disparando vários tiros contra Cordeiro, que foi atingido no rosto e duas vezes no peito. Ele foi internado no Hospital São Marcos, mas está fora de perigo.Além de Cordeiro, outras duas pessoas que estavam na praça foram atingidas. Patrícia Freitas da Silva, de 27 anos, foi atingida num dos pés por um tiro, enquanto Wéslei Henrique Pedro Lourenço, de 11 anos, ficou ferido numa das penas. Eles foram atendidos no Pronto-Socorro e liberados. O delegado Oswaldo José da Silva disse que o autor dos disparos ainda não foi encontrado. Vágner responderá processo por tentativa de homicídio quando for preso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.