Arquivo/AE
Arquivo/AE

Três suspeitos de arrastão em hotel de luxo em Santa Teresa são presos

Menor que teria participado de assaltos no Rio foi apreendido; Amy Winehouse se hospedou no local

Priscila Trindade, estadão.com.br

02 Agosto 2011 | 11h35

SÃO PAULO - Três homens foram presos e um menor apreendido sob suspeita de participar do assalto a um hotel de luxo em Santa Teresa, no centro do Rio de Janeiro. O grupo invadiu o estabelecimento no dia 18 de julho e roubou cerca de 15 turistas que estavam hospedados no local. A hospedagem é o mesmo local que a cantora Amy Winehouse, que morreu recentemente, ficou hospedada em janeiro, durante a turnê que fez no Brasil.

 

Os suspeitos foram presos durante a Operação Anfitrião, realizada para identificar e prender os assaltantes do hotel. As prisões foram anunciadas nesta terça-feira, 2, pela Delegacia Especial de Apoio ao Turismo (DEAT).

 

No dia 27 de julho, o Disque Denúncia divulgou um cartaz dos principais suspeitos de participar do roubo ao hotel. Eles foram identificados como Vagner Fonseca Oliveira, de 23 anos, que trabalhou por seis meses fazendo manutenção e serviços gerais no estabelecimento; Alexandro Gonçalves de Mello, de 24 anos. A polícia encontrou nas casas dos suspeitos duas carabinas, três pistolas, um revólver, duas granadas e uma arma chamada balestra, que lança dardos similares a flechas.

 

No dia 18 de julho, quinze turistas - brasileiros, espanhóis, americanos e holandeses - foram assaltados dentro do hotel. Quatro homens armados invadiram o local às 3h20. Os bandidos estavam armados com pistolas, e durante a invasão no hotel, renderam funcionários e hóspedes. Eles levaram joias, dinheiro, computadores, celulares e um carro. Depois de roubar os turistas, os criminosos tomaram o carro de um funcionário do hotel e fugiram. Toda a ação durou cerca de 1h30.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.