Polícia Civil/Divulgação
Polícia Civil/Divulgação

Três suspeitos são presos por matar jovem por engano em hospital do RS

Gabriel Vilas Boas Minossi, de 19 anos, foi atingido por mais de 20 tiros de pistola; outros dois pacientes também ficaram feridos

Luciano Nagel, especial para O Estado

16 Novembro 2018 | 16h17

PORTO ALEGRE - Três homens foram presos como suspeitos de assassinar um jovem que estava internado dentro do Hospital Centenário, em São Leopoldo, na região metropolitana de Porto Alegre. As prisões ocorreram na manhã desta sexta-feira, 16, durante operação da Delegacia de Homicídios de Proteção a Pessoa do município.

Os detidos têm 18, 21 e 22 anos e, conforme investigação da Polícia Civil aparecem em imagens das câmeras de monitoramento do hospital no dia do homicídio. O quarto criminoso, de 21 anos, também foi identificado e segue foragido. 

No dia 9 de novembro, o paciente Gabriel Vilas Boas Minossi, de 19 anos, foi morto por engano por quatro homens armados que invadiram as dependências do Hospital Centenário. O jovem foi atingido por mais de 20 tiros de pistola calibre 9mm.

Na ação, outras duas pessoas que estavam no mesmo quarto também ficaram feridas. De acordo com a polícia, o alvo dos criminosos seria Alex Júnior Abreu Tubiana, envolvido no tráfico de entorpecentes e que teria uma desavença com o mandante do crime. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.