Treze são presos durante megaoperação da PM na região metropolitana do Rio

Ação com mais de 400 homens visa reprimir o tráfico de drogas em favelas de Niterói e Maricá

Estadão.com.br,

08 Março 2012 | 18h22

SÃO PAULO - Uma megaoperação contra o tráfico de drogas em favelas de Niterói e Maricá, na região metropolitana do Rio, deteve até a tarde desta quinta-feira, 8, 13 pessoas - sete suspeitos adultos e seis menores. Mais de 400 policiais militares participam da ação desde o início do dia na região.

Ao menos sete comunidades das duas cidades são vasculhadas por agentes do 12.º, 35.º e 25.º batalhões da PM, com apoio do Grupamento Aeromarítimo. Os policiais apreenderam 35 motos e 10 carros, assim como armas, drogas, radiotransmissores e mídias piratas.

A operação deve continuar em favelas como Grota, Viradouro, Nova Brasília, Castro, Risca Faca, Fonte Quebrada e Multidão. As ocorrências estão sendo encaminhadas para registro na 77ª Delegacia de Polícia (Icaraí).

Aumento na violência. Moradores da região de Niterói têm reclamado da migração de criminosos de favelas ocupadas por Unidades de Polícia Pacificadora (UPP) na capital para esses municípios. No entanto, de acordo com a PM, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) está atenta e não constatou migração desses criminosos para a região de Niterói. A região deve receber uma UPP, mas ainda não há informação sobre o local e a data para a instação da base.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.