Treze são presos em operação da PF contra o tráfico

Cocaína vendida pelo grupo vinha da Bolívia; PF cumpre mandados em cinco Estados do País

Solange Spigliatti, estadao.com.br

24 de março de 2009 | 11h31

Pelo menos 13 pessoas já foram presas na manhã desta terça-feira, 24, acusadas de tráfico de drogas. As prisões fazem parte da Operação Face Oculta da Polícia Federal, que cumpre 18 mandados de prisão preventiva e 30 de busca e apreensão. Os 140 policiais cumprem os mandados em 5 Estados: Mato Grosso, Pará, Rondônia, São Paulo e Tocantins. A cocaína vendida pela quadrilha entrava no País vinda da Bolívia, de acordo com a Polícia Federal.

 

Dos 13 presos, 10 foram detidos em Tocantins; as outras três prisões foram feitas no Mato Grosso no fia 15 de março. Outros quatro mandados de busca e um de prisão estão sendo cumpridos em São Paulo; dois mandados de busca no Pará; três mandados de busca e dois de prisão para Rondônia.

 

O objetivo das buscas é apreender drogas, armas, materiais de manipulação de entorpecentes e documentos relacionados às atividades criminosas, inclusive de bens adquiridos pelo grupo com o lucro do tráfico, como fazendas e casas.

 

As investigações, iniciadas em julho de 2008, período em que foram presas 7 pessoas e apreendidos cerca de 400 kg de cocaína, revelaram que pistas clandestinas construídas em Estados da região Norte do País foram usados como base para o recebimento de drogas.

 

A distribuição da droga era feita por estradas, especialmente para os Estados de São Paulo, Pará, Maranhão, Ceará e Goiás.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.