TRF rejeita parcialmente acusações contra Daniel Dantas no caso Kroll

A Justiça publica hoje acórdão do julgamento realizado há uma semana pelo Tribunal Regional Federal da 3.ª Região que acolheu habeas corpus e trancou parcialmente ação penal contra o banqueiro Daniel Dantas na Operação Chacal - suposto esquema de espionagem contra empresários e ex-ministros do governo Lula. Por votação unânime da 2.ª Turma de desembargadores, o TRF reconheceu a inépcia da denúncia por corrupção ativa e receptação de informação sigilosa imputados a Dantas e também decretou extinção da punibilidade com relação a outra acusação, de violação de sigilo. Persiste, ainda, acusação contra o banqueiro por formação de quadrilha. A decisão praticamente desmonta o processo em que Dantas é citado por suposta contratação da empresa Kroll para espionar a Telecom Itália. A ação está suspensa até que a Justiça da Itália envie documentos sobre o caso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.