Tribunal de ética da OAB vai julgar advogados de Beira-Mar

A seção fluminense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) convoca na terça-feira uma reunião extraordinária de seu tribunal de ética para decidir que medida tomar contra os advogados do traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, Lydio da Hora Santos e Wellington Correia da Costa Júnior. No domingo, os dois foram presos em flagrante numa tentativa de suborno a agentes da Polícia Federal.A sessão deve ocorrer na semana que vem porque, segundo explicou o presidente da OAB-RJ, Octávio Gomes, é preciso dar um prazo de defesa aos dois. Segundo Gomes, eles devem ter uma suspensão preventiva até que seu processo seja julgado.Os advogados foram presos quando entregavam R$ 100 mil a um policial para liberar Marcos José Monteiro Carneiro, apontado como tesoureiro de Fernandinho Beira-Mar, que havia sido preso na manhã de domingo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.