Tribunal muda de cidade após ameaças

Após ameaças de milicianos e a interrupção de uma audiência a tiros, as duas varas criminais e o Tribunal do Júri de Campo Grande, na zona oeste, se transferiram ontem para o prédio do Tribunal de Justiça, no centro do Rio. O presidente do TJ, desembargador Luiz Zveiter, negou que a mudança seja um recuo frente aos grupos paramilitares e disse que a ação visa a proteger testemunhas e jurados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.