Trio acaba preso ao praticar seqüestro-relâmpago

Por volta das 20h desta quarta-feira, em um caixa-eletrônico na Rua Amador Bueno, no bairro de Santo Amaro, zona Sul da capital, Márcio Rodrigues da Silva, de 20 anos, e os menores Felipe e Douglas, ambos de 16, foram presos quando faziam reféns o instrutor Hélio João Pereira Neto, de 23, e sua namorada, a promoter Eleonice Nobre Ramos, 35.O casal foi abordado pelo trio, armado com um revólver calibre 38, em uma rua próxima ao local da prisão. Como no primeiro caixa os bandidos não conseguiram sacar o dinheiro, decidiram tentar outro, mas uma testemunha já havia ligado para a PM e informado sobre um casal que ocupava um Ford Ka e que havia sido levado por bandidos.Policiais militares que faziam patrulhamento na região localizaram o veículo e detiveram os bandidos, que mantinham refém uma das vítimas no carro e outra no caixa-eletrônico. Nenhuma quantia havia sido sacada até aquele momento. Márcio foi autuado por tentativa de roubo qualificada, no 11º Distrito Policial, de Santo Amaro; os menores já foram encaminhados à Febem.

Agencia Estado,

18 de março de 2004 | 03h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.