Trio é detido após seqüestrar casal na zona leste de SP

O serralheiro Antonio Gerônimo Filho, de 46 anos, e sua mulher, a dona de casa Regina Célia Rodrigues Horta, de 31 anos, ficaram quase uma hora em poder de quatro criminosos, durante seqüestro relâmpago. Segundo a polícia, o casal , foi dominado por volta das 20h30 de quarta-feira, quando ia entrar no carro, um Ford Mondeo, estacionado numa loja especializada em eletrodomésticos na Avenida Sapopemba, no Jardim Grimaldi, zona leste da cidade de São Paulo.O casal contou que havia acabado de sacar 500 reais de um caixa eletrônico do Banco do Brasil e foi seguido pelos criminosos até o carro. Armados com um revólver calibre 38, os quatro entraram no veículo do casal e um deles assumiu o volante. Já no Jardim Novo Oratório, em Santo André, na Grande São Paulo, os criminosos tiveram de desistir do seqüestro, pois foram surpreendidos por uma blitz da Polícia Militar que ocorria na altura do nº 4 mil da Avenida do Oratório.Policiais militares da Força Tática do 10º Batalhão perceberam quando um Ford Mondeo, ocupado por seis pessoas, parou e que parte de seus ocupantes abandonou o carro e começou a correr. Dois homens de 18 anos e um adolescente, de 17, foram presos. Um quarto assaltante, conhecido apenas como "Branquinho", não foi alcançado pelos policiais, que recuperaram os 500 reais do casal, além de um relógio e um talão de cheques. Branquinho escapou levando cartões de crédito e bancários.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.