Trio invade quadra de escola e mata ex-aluno, em SP

Três homens, um deles armado, invadiram a quadra de esportes da Escola Estadual Gilberto Freire, em Taboão da Serra, na grande São Paulo, por volta das 17 horas de ontem. O trio atirou contra dois jovens que jogavam bola. Um deles, Douglas José da Silva, 19, ex-aluno da escola, ferido com muitos tiros no peito e cabeça, morreu na própria quadra da escola localizada na Rua Manoel Leite da Cunha, nº 519, no Jardim Leme. Também ex-aluno da escola e baleado, Paulo Róbson Freire Porto, 19, continua internado no Pronto-socorro Pirajuçara, em Taboão. Ainda não se sabe o motivo do crime, mas policiais militares do 25º Batalhão acreditam que o verdadeiro alvo dos atiradores, que fugiram após o crime, fosse mesmo Douglas, por causa da quantidade de tiros disparados contra ele. O boletim de ocorrência foi finalizado à 0h15 de hoje na Delegacia de Taboão da Serra pela delegada Darli Maria Miola. Segundo dados do boletim de ocorrência, os atiradores invadiram a escola no momento em que um grupo de alunos estava sendo dispensado, mas ainda não foi explicado como Douglas e Paulo conseguiram ter acesso à quadra. A vice-diretora da escola, Marli Vicente, convidada pela PM para ir até a delegacia, não foi localizada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.