Trio mata cabo em academia da Aeronáutica

Dois integrantes da Academia da Força Aérea de Pirassununga foram baleados na tarde de anteontem enquanto participavam de uma pescaria no Rio Mogi, no interior da área da base militar. Atingido por vários tiros na cabeça, o cabo Jairo Bastos Pires morreu a caminho do pronto-socorro da academia. O suboficial Fernando César Serpa foi transferido em um avião Bandeirante até o Hospital da Aeronáutica de São Paulo, no Campo de Marte, na zona norte. Ontem, médicos informaram que Serpa estava consciente e seu quadro era estável. Leia mais no Estadão

Agencia Estado,

18 de março de 2002 | 04h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.