Tropa de choque é chamada em Itirapina

A direção da Penitenciária II de Itirapina, que tem dois de seus pavilhões sob comando dos detentos rebelados, pediu reforço para a tropa de choque da Polícia Militar de Campinas de formaa tentar conter a ação os presos. Desde as 16 horas deste sábado os detentos mantém funcionários e outros detentos como reféns. Armados comrevólveres, os presos atearam fogo nos colchões e caminham sobre o telhado do prédio. Já houve troca de tiros com a polícia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.