Tropa de choque pronta para invadir Febem de Franco da Rocha

Cerca de 100 policiais da Tropa de Choque do 3º batalhão da Polícia Militar estão preparados para invadir a Unidade da Febem (Fundação Estadual para o Bem Estar do Menor) de Franco da Rocha, no bairro de Pouso Alegre, na Grande São Paulo. Mais de 100 menores estão rebelados desde às 22h30 de ontem por causa da superlotação do local. Segundo informações da assessoria de imprensa do Comando da Polícia Militar, os meninos mantêm dez monitores reféns que estão sendo ameaçados de morte. Um dos reféns, com problemas cardíacos, está passando mal. Há também pelo menos um menor gravemente ferido. A Tropa de Choque, fortemente armada e acompanhada de cães, espera ordem superior para agir a qualquer momento. Ontem à noite, os internos das alas 25 e 29 tentaram fugir, mas foram cercados por viaturas dos Bombeiros e equipes do 26º Batalhão da PM. Com a fuga frustrada, eles começaram a rebelião, ateando fogo a colchões e cobertores. As visitas de hoje à Febem estão suspensas. Familiares dos menores estão na frente do complexo à espera de informações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.