Tropa federal desembarca a qualquer momento no Rio

O secretário nacional de Segurança Pública, Luiz Fernando Corrêa, informou que os agentes da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP), que reforçarão o esquema de segurança montado em conjunto pelo governo federal e pelo governo do Estado do Rio para combater os criminosos que desencadearam ondas de atentados na cidade, podem desembarcar a qualquer momento no Rio de Janeiro.Durante entrevista coletiva, ele explicou que os agentes, até 600, chegarão ao Rio aos poucos, e não todos de uma vez. O envio das tropas da FNSP ao Rio estava programado para meados de fevereiro, para participarem do esquema de segurança dos Jogos Pan-americanos de 2007, mas foi antecipado em um mês, a pedido do governador Sérgio Cabral Filho, por causa dos ataques em série comandados pelo crime organiziado.O secretário Corrêa informou que, além de se antecipar a data da remessa das tropas, o total de integrantes do contingente foi redimensionado. Num primeiro momento, os policiais da Força Nacional vão atuar no policiamento das estradas de acesso ao Rio e nas divisas com outros Estados para combater tráfico de drogas e armas, principalmente. Na medida em que for se aproximado a data dos jogos, em junho, as tropas federais serão reforçadas e se aproximarão da capital até se unirem aos demais agentes mobilizados para o Pan-2007.Luiz Fernando Corrêa informou também que, nos próximos dias, estarão chegando ao Rio 24 aeronaves para serem utilizadas no esquema de segurança. São seis helicópteros de multimissão e oito de patrulhamento e dez motoplanadores. O esquema de segurança montado para o Pan-2007 terá um total de 10 mil homens, entre militares, policiais federais, policiais militares, policiais civis e bombeiros.

Agencia Estado,

05 de janeiro de 2007 | 16h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.