Tropas do exército ocupam ruas de Vitória

O secretário de Segurança Pública do Espírito Santo, Rodney Rocha Miranda, disse que não há previsão para o Exército deixar as ruas da Grande Vitória. Tropas do Rio chegaram a Vitória na noite de ontem, a pedido do governador Paulo Hartung, depois que 10 ônibus foram incendiados entre quinta-feira e domingo.Há informações de que a ordem para os atentados partiu de presos, insatisfeitos com a presença do Batalhão de Choque no presídio de segurança máxima Mosesp 2.O secretário de segurança disse que ainda está investigando a participação do crime organizado, mas não descartou as hipóteses de retaliação por causa da repressão ao transporte clandestino e briga entre sindicatos.O governo anunciou medidas como a suspensão das aulas nas escolas estaduais no horário noturno e a redução da frota de ônibus a partir das 20 horas. Os veículos que circularem à noite terão escolta da polícia militar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.