TSE alerta para falso e-mail

O Tribunal Superior Eleitoral fez, nesta quinta-feira, 17, alerta aos eleitores contra falsos e-mails e avisa para que não tentem abrir as mensagens. Os piratas da internet mandam mensagens eletrônicas, em nome da Justiça Eleitoral, avisando que o título de eleitor foi provisoriamente cancelado por uma irregularidade no CPF - o cadastro da pessoa física. O texto orienta o eleitor a clicar em um link para regularizar a situação. Trata-se de uma fraude, que pode ser facilmente identificada já que a falsa correspondência está em nome do "Supremo Tribunal Eleitoral" e não o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o nome correto do tribunal. No mês passado, muitos eleitores receberam outro e-mail com conteúdo semelhante e cheio de erros. O TSE aparecia como "Trebunal Superior Eleitotal". O período para o eleitor regularizar a situação com a Justiça Eleitoral terminou no dia 3 de maio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.