TSE cassa o registro de Marcelo Miranda

TOCANTINS

, O Estado de S.Paulo

17 de novembro de 2010 | 00h00

Eleito para o Senado, o ex-governador Marcelo Miranda teve o registro cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral. Por 5 votos a 2, ministros entenderam que Miranda foi enquadrado na Lei da Ficha Limpa: em 2009, teve o mandato de governador cassado por abuso do poder político na campanha de 2006. O TSE acatou o pedido do Ministério Público Eleitoral contra decisão do TRE do Tocantins, que havia deferido a candidatura. Com a decisão, Miranda não será diplomado nem assumirá mandato de senador. Ele pode recorrer ao Supremo Tribunal Federal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.