TSE concede direito de resposta a Lula no horário eleitoral de Alckmin

A coligação do presidente e candidato à reeleição Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ganhou dois minutos de inserção no programa de televisão do candidato tucano Geraldo Alckmin.O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) concedeu, por unanimidade de voto, o direito de resposta a Lula. O tempo será abatido nos programas em bloco na televisão de Alckmin, sendo um minuto no programa vespertino e outro, no programa noturno.Os ministros consideraram ofensivas as propagandas da coligação de Alckmin que afirmava que o presidente Lula "manda na Polícia Federal, manda nos ministros, manda no PT, mas não sabe dizer de onde vem o dinheiro". Com isso, a propaganda tucana insinuava que Lula seria o suposto responsável pelo atraso nas investigações do Dossiê Vedoin.As propagandas contestadas foram ao ar nos dias 15 de outubro, à noite, e 16 de outubro, à tarde.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.