TSE manda retirar cenas externas de TV sobre Bolsa-Família

Ari Pargendler, ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinou que todas as emissoras de TV devem retirar a inserção de 15 segundos da coligação "A Força do Povo" (PT/PRB/PC do B) que utiliza cenas externas ao falar sobre o programa Bolsa-Família.A decisão foi tomada depois que a coligação PSDB/PFL entrou com uma representação ao TSE, alegando que ao fazer menção ao programa Bolsa-Família, a inserção exibiu a imagem de uma senhora aproximando-se de um balcão de agência, no qual entrega um cartão que, ao que tudo indica, seria do programa Bolsa-Família.Sobre a decisão, o ministro observou que, aparentemente, a inserção impugnada se valeu de gravações externas e de computação gráfica, recursos proibidos pelo artigo 51, inciso IV, da Lei 9.504/97 (lei das eleições).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.