TSE nega pedido da TV Globo para que debate passe da meia-noite

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou pedido da TV Globo para estender o horário do debate entre os candidatos à Presidência Geraldo Alckmin (PSDB) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que busca à reeleição.A TV Globo questionou o TSE sobre o horário em busca de uma brecha para que o debate pudesse passar da meia-noite, já que a emissora pretendia começar o programa às 22h30, com duração estimada em 2h40. O debate da emissora está agendado para acontecer no dia 27 de outubro, antevéspera das eleições presidenciais do segundo turno.Segundo o calendário eleitoral, o última dia para promover debates é justamente o dia em que a TV Globo irá realizar seu encontro entre Alckmin e Lula. Por essa razão, os ministros do TSE consideraram impossível atender o pedido da emissora. Sendo assim, se a TV Globo quiser manter o tempo de duração previsto para o debate, terá que antecipar o início para, no mínimo, 21h20. Eles também levantaram a hipótese de o debate ser realizado no dia 26, quinta-feira, se for impossível encerrá-lo antes de meia-noite.De acordo com o departamento de Comunicação da Central Globo de Jornalismo, a emissora ainda não tem uma posição oficial a respeito.

Agencia Estado,

18 de outubro de 2006 | 18h41

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõeseleições 2006

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.