TSE nega pedido do PT para investigar Alckmin

O corregedor-geral da Justiça Eleitoral, ministro Cesar Asfor Rocha, negou o pedido da proposta pela coligação A Força do Povo, do PT, contra a coligação Por um Brasil Decente e o candidato a presidente, Geraldo Alckmin e mandou arquivar o processo.Em outra investida, os petistas pedem a cassação do registro de Alckmin ou a impugnação do mandato, se ele for eleito. A coligação A Força do Povo pedia a investigação da coligação adversária e de seu candidato por alegados desvio ou abuso do poder econômico, do poder de autoridade e utilização indevida de veículos ou meio de comunicação social, usando a ONG Nova Política.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.