TSE suspende propaganda de Alckmin que ataca o PT

O candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin, está impedido, pelo menos temporariamente, de retransmitir propaganda eleitoral veiculada no último dia 4, na qual o presidente Luiz Inácio Lula da Silva aparece dizendo que o PT cresce a cada eleição porque sabe, por exemplo, governar com respeito pelo dinheiro do povo. Em seguida, um locutor do programa tucano diz: "Zé Dirceu, Delúbio, Waldomiro Diniz, Silvinho do PT." A decisão que impede Alckmin de retransmitir a propaganda foi tomada nesta quinta-feira, 7, pelo ministro Ari Pargendler, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Ao conceder uma liminar, ele afirmou que o TSE ainda não delimitou o que deve ser considerado como uso de gravação externa nas propagandas do horário eleitoral gratuito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.