Tubarão arranca mão de surfista em PE

Mário César Carneiro da Silva, 22 anos, teve a mão direita arrancada por um tubarão, quando surfava nesta terça-feira à tarde na praia de Piedade, no município metropolitano de Jaboatão dos Guararapes. Foi o 34º ataque do animal no litoral pernambucano desde setembro de 1992. Deste total, 11 pessoas morreram.O surfista também teve parte do antebraço mordida pelo tubarão. Ele foi socorrido por um amigo e levado primeiramente para o Hospital da Aeronáutica. Depois foi encaminhado para o Hospital da Restauração, no Recife, onde se submeteu a cirurgia.Havia risco de perda do antebraço. Ele chegou ao hospital consciente e seu quadro era considerado estável. De acordo com Márcio Pereira, amigo do surfista, ele estava a cerca de dois metros de profundidade quando sofreu o ataque e gritou "socorro, tubarão". Márcio disse que uma onda trouxe o amigo à praia e ele o socorreu.O tubarão agressor pode ser da espécie tigre ou cabeça chata, de acordo com especialistas no assunto da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE).A praia de Piedade faz parte da área onde é proibida a prática de esportes aquáticos, que vai do Porto do Recife ao Porto de Suape, no município metropolitano do Cabo, faixa vulnerável aos ataques. O último caso de agressão de tubarão foi registrado em fevereiro do ano passado, na praia de Boa Viagem, no Recife.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.