Tucano apresenta plano para a área de segurança

O Pelourinho, em Salvador (BA), foi o palco para o candidato do PSDB à Presidência, José Serra, apresentar ontem seu programa de governo para a segurança. "Isso não é promessa, não é compromisso, é um anúncio do que vamos fazer, se formos eleitos." O plano tem sete tópicos, entre eles a já anunciada criação do Ministério da Segurança.

Tiago Décimo / SALVADOR, O Estado de S.Paulo

14 de agosto de 2010 | 00h00

"Não vamos aumentar o número de ministérios - pelo contrário, vamos diminuir, porque o Brasil tem ministérios demais. Mas o Ministério da Segurança se impõe, pela situação pela qual passa o País. " Entre os itens citados, estão a integração dos cadastros de pessoas e veículos, a criação de força policial permanente, para cobrir fronteiras e prevenir crimes ambientais, e a informatização dos sistemas policiais.

A escolha da Bahia para o lançamento do programa foi estratégica. Serra falou sobre um tema que é apontado como o ponto fraco da atual administração estadual, a cargo de Jaques Wagner (PT), candidato à reeleição. Entre 2006 e 2009, a Bahia registrou um aumento de 49,6% nos índices de homicídio. Além disso, o candidato pôde mostrar sua proximidade com o Estado (foi a sétima visita este ano), quarto maior colégio eleitoral do País.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.