Tucano cita <i>Economist</i> e petista responde com ?deu no <i>New York Times</i>?

O crescimento da economia e as privatizações foram temas de destaque no debate: o primeiro provocado por Geraldo Alckmin, o segundo por Luiz Inácio Lula da Silva. O tucano mencionou um ranqueamento recente feito pela revista The Economist, que listou o crescimento de 27 países emergentes e perguntou a Lula: ?Em que posição está o Brasil em termos de desenvolvimento?? Lula ironizou a pergunta: ?O candidato Alckmin é daquele tipo: se deu no New York Times, é verdade.? Na resposta, ele não se referiu aos números do crescimento brasileiro em seu governo, preferindo dizer que deixou prontas as bases para o crescimento. ?Não há, na história republicana deste país, uma situação como a que criamos agora para o crescimento?, afirmou. ?A economia brasileira está, não tanto quanto eu queria, no ápice, mas eu posso olhar nos olhos de cada um e dizer: o Brasil se preparou para se desenvolver, sem mágica e com muita credibilidade externa.?Alckmin revelou o ranking feito pela revista britânica: nele, o Brasil está em último lugar. ?O Brasil cresceu 2,3% em 2005, só ganhou do Haiti (que não entrou na lista da revista). Ficou em último e, se crescesse o dobro, ainda permaneceria em último.?Lula atacou os governos passados: ?O brasileiro é inteligente e sabe como eu herdei este país. Foram 20 anos de atrofiamento. Duas décadas perdidas. O País estava totalmente descontrolado.? Alckmin insistiu em vincular baixo crescimento com carência de empregos: ?Quando ele assumiu, tínhamos 8 milhões de desempregados; hoje temos 9 milhões.? E disse que, se as privatizações fossem um erro, Lula deveria ter reestatizado.Lula rebateu com uma pergunta provocativa sobre as privatizações no governo Fernando Henrique Cardoso, invertendo a mão da pergunta ?onde está o dinheiro?. Segundo ele, no governo passado ?tudo foi privatizado, a dívida aumentou e o Brasil quase quebrou?. Depois indagou: ?Quero saber onde foi aplicado o dinheiro das privatizações. Onde foi parar o dinheiro??Alckmin afirmou que ?privatizar foi avanço? e lembrou a situação anterior da telefonia: ?Quem tinha telefone antes? Um telefone custava US$ 3 mil. Hoje, 90 milhões de brasileiros têm celular.? Lula fez mais uma ironia. ?Não vou mais perguntar sobre privatização, porque ele não gosta de responder.?O tucano disse que o governo Lula pagou R$ 329 bilhões aos bancos, no que chamou de ?bolsa-banqueiro?. Lula explicou: não foram apenas os bancos que ganharam, mas as pessoas em geral. ?Se perguntarem se o Brasil está uma maravilha, eu digo ?não, ainda falta muito para fazer?.?

Agencia Estado,

20 de outubro de 2006 | 12h55

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõeseleições 2006

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.