Tucano é 'mais progressista' que todo o PT, diz Guerra

Afirmação foi resposta a declarações de dirigente petista sobre o figurino[br]de 'direita troglodita'atribuído a Serra

Julia Duailibi, O Estado de S.Paulo

28 de julho de 2010 | 00h00

O presidente do PSDB e coordenador da campanha tucana, Sérgio Guerra (PE), chamou ontem a equipe da adversária do PT, Dilma Rousseff, de "guerrilha da mentira". Ele rebateu as declarações do presidente do PT, José Eduardo Dutra, segundo as quais o tucano José Serra vestiu o figurino de "direita troglodita".

"O Dutra é da direita aloprada, o negócio dele é carimbar as pessoas de forma preconceituosa. Serra tem 40 anos de vida progressista. Nestes anos, os setores conservadores tiveram resistência a ele", afirmou Guerra.

O presidente do PT fez as declarações ao comentar frase de Serra em evento com empresários anteontem, no qual reproduziu declaração do líder dos sem-terra João Pedro Stédile de haveria aumento de invasões no campo num eventual governo Dilma. O PT reagiu à afirmação de Serra, relacionando-o ao conservadorismo. Os tucanos rebateram as acusações, dizendo que o PT está mais à direita que Serra e afirmando que a frase dita pelo candidato foi proferida por Stédile em entrevista ao Estado.

De acordo com Sérgio Guerra, "muita gente da esquerda sabe que Serra é mais progressista que todo o PT junto". E atacou os adversários: "Eles se associam no subterrâneo a interesses nem sempre republicanos, e na prática apoiam gente que quebra sigilo e que constrói dossiê".

Para o presidente do PT de São Paulo, Edinho Silva, as acusações dos tucanos são características de uma "campanha derrotada".

"Plantar inverdades, na era da informação, não convence mais o eleitorado", disse. / COLABOROU ADRIANA CARRANCA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.