Tumulto é registrado nas marchas da Liberdade e das Vagabundas em BH

Guardas usaram cassetetes e spray de pimenta para dispersar os manifestantes mais exaltados

Eduardo Kattah,

18 de junho de 2011 | 20h12

Um tumulto foi registrado durante o trajeto da Marcha da Liberdade e da Marcha das Vagabundas, este sábado,18, em Belo Horizonte. Alguns participantes entraram em confronto com integrantes da Guarda Civil e policiais militares que estavam em frente à prefeitura da capital mineira. Os guardas usaram cassetetes e spray de pimenta para dispersar os manifestantes mais exaltados. Não houve registro de feridos ou prisões.

"Alguns manifestantes ameaçaram invadir, mas foi um caso isolado", afirmou Victor do Carmo, um dos organizadores do evento. Integrante do movimento pela descriminalização da maconha, Victor disse que ele e outros representantes da chamada "marcha da maconha" se retiraram quando alguns manifestantes fecharam uma via de acesso à Praça da Liberdade - ponto final da passeata.

O trânsito na região ficou bastante complicado. Segundo a PM, cerca de 800 pessoas participaram do ato na capital mineira. Os organizadores falaram em 1,3 mil manifestantes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.