Tumulto na Febem Raposo Tavares, em SP

Cerca de 85 internos da Febem unidade Raposo Tavares, região Oeste de São Paulo, fizeram um ato de protesto hoje de manhã não participando das atividades diárias da unidade, permanecendo no pátio das 8h25 até às 10h15 desta quinta-feira. Eles atearam fogo em alguns colchões e um professor, ao tentar pular o muro, teve ferimentos leves. Não houve mais feridos. O fogo foi controlado pelos bombeiros e os internos foram recolhidos à quadra para passar por revista. A assessoria de imprensa da Febem ainda não sabe quais são as reivindicações dos adolescentes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.