Turbulências já respingam na base da Assembleia

O tsunami que atingiu o PSDB paulistano nas últimas semanas já provoca marolas na bancada tucana da Assembleia. Embora nenhum deputado fale publicamente em sair do partido, a divisão no diretório municipal trouxe à tona uma série de insatisfações dos deputados tucanos, que se julgam sem representação no governo Geraldo Alckmin.

Lucas de Abreu Maia, O Estado de S.Paulo

28 Abril 2011 | 00h00

Alguns parlamentares próximos ao governador se incomodaram com a nomeação do deputado federal Rodrigo Garcia (DEM) para a Secretaria do Desenvolvimento Social. A irritação se estende ao líder governista na Assembleia, Samuel Moreira (PSDB). Aliado do ex-governador José Serra, ele também apoiou a reeleição de Gilberto Kassab em 2008. Os deputados tucanos da capital também se ressentem do excesso de poder que lideranças do interior ganharam na gestão atual.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.