Turista alemão é assaltado por travestis em Salvador

O turista alemão Martin Ferdinad Scmmazzi foi assaltado ao tentar acertar um "programa" com quatro travestis na orla marítima de Salvador na noite de segunda-feira, 6. Ele foi imobilizado pelo quarteto que lhe roubou dinheiro e pertences. Minutos depois, Scmmazzi conseguiu localizar e prender o grupo com a ajuda de uma radiopatrulha da Polícia Militar.Levados para a 12ª Delegacia de Polícia de Salvador, no Bairro de Itapuã, os travestis Jurimar Lima, de 22 anos, Valdnei Almeida, de 25 anos, Ronaldo Cruz Oliveira, de 25 anos, e Cleiton do Espírito Santo, de 27 anos, disseram que resolveram roubar o turista pelo fato dele ter desistido do "programa" e ter se recusado a pagar. A versão é diferente da apresentada pelo alemão, segundo a qual ele desistiu quando percebeu se tratarem de travestis e não de mulheres.ProgramaScmmazzi trafegava pela avenida da orla marítima e na altura do Bairro Piatã avistou o grupo na beira da pista. Convidou os travestis para entrar no veículo e depois de algum tempo desistiu e mandou que eles saíssem do carro. Foi quando um dos travestis o imobilizou, enquanto os outros roubavam seus pertences. Ele perdeu um relógio, uma caixa de CDs, R$ 690 em cédulas e US$ 201.Em seguida, os travestis fugiram entrando num ônibus, o que facilitou o trabalho do turista que, com a ajuda de dois policiais militares, seguiu-os. Eles foram presos minutos depois.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.