Turista alemão é preso por exploração sexual na Bahia

A exploração sexual de duas estudantes que moram no bairro humilde de Pernambués, em Salvador, provocou a prisão do turista alemão Ernest Dorzok, detido e autuado em flagrante por corrupção de menores.Segundo a delegada de polícia Simone Malaquias, responsável pelo inquérito, o material apreendido com o turista é suficiente para que a Justiça decrete a prisão preventiva. O alemão carregava disquetes com imagens de duas adolescentes seminuas, fazendo poses eróticas.O turista alemão negou que tenha seduzido as menores. Disse apenas que elas pediram presentes. "Não tive relações íntimas com ela", disse, em depoimento. As adolescentes P.N.S., 16 anos, e R.F.S., 14, ganharam biquínis, óculos, saias e sandálias, num valor aproximado de US$ 150 ou cerca de R$ 400.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.