Turista brasileira morre em acidente de balão na Turquia

Dois balões colidiram na região da Capadócia e um deles caiu; ao menos 23 pessoas ficaram feridas no acidente, sendo seis brasileiros

O Estado de S. Paulo

20 Maio 2013 | 10h24

Ancara - Uma brasileira morreu e 23 turistas - entre eles seis brasileiros -  ficaram feridos depois que um balão colidiu com outro e caiu na região da Capadócia, na Turquia, nesta segunda-feira, 20. Agências internacionais relatam a morte de um segundo brasileiro,mas apenas uma morte foi confirmada pela Embaixada do Brasil na Turquia.

De acordo com a agência Associated Press, o balão fazia um voo panorâmico sobre rochas de formação vulcânica quando ocorreu o acidente.A bordo do balão que caiu haveria, principalmente, turistas brasileiros, argentinos e espanhóis, informou o governador da província de Nevsehir, Abdurrahman Savas. Muitos tiveram fraturas e foram encaminhados para um hospital da região.

O conselheiro da Embaixada do Brasil na Turquia, Antonio Carlos Antunes Santos, informou que uma equipe brasileira está partiu de Ancara e está a caminho da Capadócia, a cerca de 300 km,para avaliar a situação e levantar se há mais brasileiros envolvidos no acidente. "Estamos em contato com as autoridades locais, colhendo informações com os hospitais da região e prestando assistência às famílias", disse. Segundo ele, a brasileira morta no acidente seria uma idosa, mas sua idade não foi confirmada. "

O incidente aconteceu quando um balão em processo de subida bateu contra o cesto de outro sobre ele, causando um rompimento em sua bolsa de tecido e levando-o ao chão.O incidente -  o segundo fatal na Capadócia desde que o voos começaram a operar, há mais de uma década - lançou um alerta sobre a segurança do sobrevoos na área. A agência de aviação civil da Turquia informou que abriu uma investigação sobre o caso. Em 2009,um turista britânico morre e nove pessoas ficaram feridas depois de uma colisão entre dois balões. Com informações da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
turquiaacidentebalão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.